• Instituição

Casa de Acolhimento - SAICA


O SAICA Casa dos Sonhos, nome escolhido pelas crianças e adolescentes que ali se encontram, por sua vez caracteriza-se como um lugar que oferece proteção, uma alternativa de moradia que, embora provisória, deve oferecer um clima familiar, com atendimento personalizado e propiciar as crianças e adolescentes a oportunidade de participar na vida da comunidade mediante a utilização de bens e recursos disponíveis. No entanto, cabe ao serviço não só zelar pelo bem estar das crianças, mas também lhes proporcionar condições para que estas retornem ao convívio familiar.

É importante ressaltar que o SAICA permanece com a criança ou adolescente para que seja realizado e fortalecido, trabalho junto à família biológica ou extensa e no esgotamento de todas as possibilidades será realizado encaminhamento para família substituta.

Oferece atendimento num total de 20 vagas para crianças de 0 a 18 anos.

O Acolhimento Institucional é antes de tudo um momento crucial na vida de uma criança ou adolescente.

Seu universo familiar é substituído pelo programa que o acolhe. A criança chega a instituição fragilizada, por isso a necessidade de tornar o ambiente o mais acolhedor possível.

A Instituição Beneficente Irmã Marli gerencia no município o SAICA Casa dos Sonhos. O serviço conta com uma equipe de profissionais qualificados para realização desse trabalho e busca oferecer atividades de autonomia, encaminhamentos a profissionalização, tanto ao adolescente como as famílias atendidas.

Objetivos Específicos:

- Reduzir a ocorrência de risco, seu agravamento ou sua reincidência, que demandaram a modalidade de atendimento de acolhimento institucional;

- Ofertar acolhimento provisório em condições de dignidade, com padrões de qualidade quanto à higiene, alimentação, acessibilidade, salubridade e segurança, com profissionais preparados para receberem crianças e adolescentes;

- Preservar a identidade, integridade e história de vida dos usuários;

- Buscar restabelecer vínculos familiares e comunitários, salvo determinação judicial em contrário, visando garantir o princípio de excepcionalidade e provisoriedade da medida de acolhimento;

- Construir o Plano Individual de Atendimento (trimestralmente) e Relatórios Informativos (bimestralmente) de cada acolhido, a ser encaminhado à Vara de Infância e Juventude e Secretaria;

- Alimentar os processos jurídicos dos acolhidos junto ao setor judiciário e à Secretaria;

- Promover acesso à rede socioassistencial, aos serviços de convivência, aos programas de transferência de renda, aos serviços e ações de Proteção Social Básica - operacionalizados através dos CRAS, aos Serviços de Proteção Social Especial - operacionalizados através do CREAS, aos demais órgãos do Sistema de Garantia de Direitos, sistema educacional e demais políticas públicas, para garantir o desenvolvimento integral da criança, adolescente e de sua família;

- Favorecer o surgimento e desenvolvimento de aptidões, capacidades e oportunidades para que as crianças e adolescentes façam escolhas com autonomia;

-Contribuir para a colocação em família substituta, sempre que houver a impossibilidade do restabelecimento e/ou a preservação de vínculos com a família de origem/extensa. Sendo esta medida excepcional, devendo recorrer apenas quando esgotados os recursos de manutenção da criança e/ou adolescente na família natural ou extensa.

- Desenvolver com os adolescentes, condições para a independência e auto cuidado.

INSTITUIÇÃO BENEFICENTE IRMÃ MARLI

Registrado no CMAS Conselho Municipal de Assistência Social nº132/15

Registrado no CMDCA Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente nº 154/15

Registro CRCE Certificado de Regularidade cadastral de Entidade nº 0549/15 Registro CEBAS

Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social nº 49759/2016

Declaração de Utilidade Municipal Lei no. 9.853 de 06 de julho de 2016

CNPJ 09.114.138/0001- 96


775 visualizações

Instituição Beneficente Irmã Marli