Projeto Mãe Maria

Este trabalho tem por foco mulheres no período gestacional que necessitam de meios para prover e garantir uma gestação segura e saudável, pautado no serviço de proteção básica o projeto será desenvolvido considerando os dois pilares do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos: Reconhecimento da família como o núcleo primário de afetividade, acolhida, convívio, sociabilidade, autonomia, sustentabilidade e referência no processo de desenvolvimento da criança para o enfrentamento das vulnerabilidades sociais e relacionais, por meio de ações de caráter preventivo, protetivo e proativo.


As ações se darão por meio de palestras articuladas com a rede, voluntários e participação ativa do Serviço Social inserido na Instituição, trazendo informações relacionadas à saúde da mulher, convivência familiar, como educar sem violência, possibilitando o acesso aos serviços e a garantia de direitos e informação. Destacamos que este projeto assegura a vaga da criança no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos assim que a criança completa 4 anos completos de idade.

Objetivo Geral


Promover a comunicação não violenta, estimulando a educação dos filhos sem uso de violência, acolhendo a gestante e garantindo uma gravidez segura e sadia dando lhes acesso à informação.

Objetivos Específicos

  • Desenvolver vínculo afetivo entre mãe e filho durante a gestação;

  • Garantir a educação sem uso de violência;

  • Fortalecer a capacidade protetiva familiar;

  • Desenvolver grupos abertos à discussão de temas e assuntos relacionados ao território inserido.

São indicadores de resultados do projeto

  • Redução do nível de exposição à criminalidade/violências/vulnerabilidades;

  • Melhoria nos indicadores do nível de escolaridade;

  • Inserção no mercado de trabalhos e/ou cursos de formação profissional;

  • Grau de autonomia e predisposição dos jovens e familiares em participar das atividades e oficinas do projeto;

  • Alcance dos materiais didáticos e de comunicação produzidos.

 

Impacto Social Esperado

  • Redução das ocorrências de situações de vulnerabilidade social; 

  • Prevenção da ocorrência de riscos sociais, seu agravamento ou reincidência;

  • Aumento de acessos a serviços socioassistenciais e setoriais;

  • Ampliação do acesso aos direitos socioassistenciais;

  • Melhoria da qualidade de vida dos usuários e suas famílias;

  • Aumento no número de jovens que conheçam as instâncias de denúncia e recurso em casos de violação de seus direitos; 

  • Aumento no número de jovens autônomos e participantes na vida familiar e comunitária, com plena informação sobre seus direitos e deveres;

  • Reduzir, junto a outras políticas públicas, índices de: violência entre os jovens; uso/abuso de drogas; doenças sexualmente transmissíveis e gravidez precoce;

  • Melhoria da condição de sociabilidade de idosos; 

  • Redução e Prevenção de situações de isolamento social e de institucionalização.

[

Para doar itens como fraldas, roupas, alimentos e outros itens para enxoval, entre em contato:

contato@irmamarli.org.br